O bloco de concreto é atualmente a base de uma das formas mais populares e tradicionais da construção civil, a alvenaria estrutural. Este método construtivo tem atraído novamente as atenções por ser uma maneira de se construir com baixíssimo índice de perda de material, tido graças a projetos paginados que usam blocos de concreto estrutural. Este bloco tem com característica principal a alta resistência à compressão, sendo uma excelente alternativa para a construção de edifícios de até 12 pavimentos.

Blocos de Concreto

Existem dezenas de famílias de blocos de concreto de acordo com suas medidas e formato

Projetos com blocos de concreto estrutural

O uso de blocos de concreto em alvenarias estrutural requer uma série de cuidados para que as suas vantagens sejam aproveitadas ao máximo. Em primeiro lugar, devemos citar que para qualquer projeto de alvenaria estrutural é necessário pensar na paginação do projeto para evitar perdas durante a construção. O bloco de concreto possui medidas exatas, então as plantas devem ser moduladas pelo projetista para que não haja quebra de blocos de concreto, para que assim se evite a quebra de blocos, que geraria desperdício. O ideal é que já se pense no projeto paginado, e não que se faça o ajuste depois do projeto pronto, já que o ajuste nunca fica perfeito. Essa paginação, aliás apesar de não ser obrigatória, é recomendada no projetar de diversos outros elementos da construção, como o número de lajotas, alinhamento de tábuas, e mesmo no uso de outros blocos, como a alvenaria simples, e o bloco de tijolo ecológico.

Alvenaria Estrutural

A alvenaria estrutural é um método construtivo que evita desperdício, trabalhando a base de blocos de concreto

O segundo ponto a se considerar é a resistência do bloco. É importante lembrar que existem várias categoria de resistência de bloco de concreto, desde blocos de concreto estrutural de 4Mpa de resistência, o mínimo exigido pela ABNT para alvenarias estruturais, à blocos de até 30Mpa. É essencial que a resistência dos blocos de concreto seja avaliada por um engenheiro, para que haja segurança na construção, e evitar o uso de blocos com resistência maior do que o necessário, o que geraria custos desnecessários. Além disso, deve-se tomar cuidado em construções de que usem blocos estruturais com mais de um nível de resistência, já que eles possuem a mesma aparência e peso, o que muda apenas é o traço do concreto utilizado – a mistura de areia, cimento e água – pois a troca de blocos podem gerar acidentes catastróficos no futuro, e colocar os usuários do edifício construído em risco.

Bloco Canaleta

O Bloco Canaleta é onde será colocado o graute para fazer a amarração de concreto que corresponderia às vigas em um projeto estruturado convencional

Não é incomum que obras de blocos estruturais usem lajes pré-moldadas. O que ocorre muitas vezes é as lajes nem sempre vêm com os eletrodutos incluídos em seu interior. Nesse caso, a fiação passará por baixo da laje, e para evitar que ela fique aparente, será necessário instalar um forro. Poderá ser um simples forro de PVC, ou um forro em gesso acartonado, que permite um acabamento mais elegante ao ambiente.

Normas técnicas dos blocos de concreto

Todo profissional graduado na construção civil sabe que a ABNT cria normas técnicas que regem quase tudo no país, inclusive os blocos de concreto. Essa normatização estabelece padrões de segurança, sustentabilidade, economia e qualidade inclusive para a construção civil brasileira, e por isso a construção de prédios de alvenaria estrutural no país deve seguir as seguintes normas técnicas:

  • NBR 15873/2010 – Coordenação modular para edificações;
  • NBR 6136/2008 – Blocos Vazados de Concreto Simples para alvenaria;
  • NBR 8215/1983 – Prisma de Blocos Vazados de Concreto Simples para alvenaria estrutural,  preparo e ensaio à Compressão;
  • NBR 15961-1/2011 e NBR 15961-2/2011 – Alvenaria estrutural – Blocos de concreto
  • NBR 12118/2011 – Métodos de ensaio para blocos vazados de concreto simples para alvenaria;
  • NBR 14321 – Determinação da resistência ao cisalhamento em paredes de alvenaria estrutural;
  • NBR 14322 – Verificação da resistência à flexão simples ou à flexo-compressão em paredes de alvenaria estrutural.
Bloco de Concreto estrutural

Os blocos de concreto estão sujeitos à normatização da ABNT

Mão de Obra para Alvenaria Estrutural

É sempre importante lembrar que a alvenaria estrutural necessita de funcionários qualificados para o assentamento do bloco de concreto. Isso porque o bloco de concreto possui uma configuração vazada muito diferente do assentamento da alvenaria convencional, e um funcionário destreinado acabaria desperdiçando uma quantidade muito alta de argamassa. Além disso, a alvenaria estrutural é muito suscetível a perda de resistência caso a argamassa seja assentada de maneira incorreta, o que pode ser um fator de risco. O importante aqui é lembrar que existem funcionários que são especializados no assentamento do bloco de concreto, os chamados bloqueiros, que possuem em geral alta produtividade em obras de blocos estruturais, agilizando sua obra e evitando desperdícios.

Bloco Concreto

O mal planejamento de obra pode obrigar o uso de blocos de concreto fracionados para completar a alvenaria.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

BLOCOS DE CONCRETO – preço resistência economia, 5.0 out of 5 based on 1 rating